Doguinho é preso com erva e pó na Ilha Grande 

Ele seria o gerente do Léo do Peres para o tráfico insular 

Agentes do 33º BPM receberam uma denúncia de que Thiago do Nascimento Mattos, vulgo Cachorrinho ou Doguinho, de 29 anos, que seria “gerente” do tráfico na Ilha Grande, estava em sua casa, na Rua das Flores, com uma carga de drogas para vender. Eles foram ao endereço e, apesar de Thiago negar a acusação, os agentes encontraram ao lado da maquina de lavar, sete tabletes de maconha prensada, três tiras da mesma erva picada e onze tubos plásticos de cocaína.  

Thiago foi levado para a 166ª DP, no continente, onde ficou preso pela acusação de tráfico. Segundo os policiais, ele trabalhava para um homem de vulgo Léo do Peres, que é responsável pelo tráfico de drogas na ilha. O flagrante ocorreu na manhã do último dia 19.