Jesiel Ferreira Lucas, jornalista, aos 47 anos

Morreu na madrugada de segunda-feira, dia 22, no Hospital Municipal da Japuíba, o jornalista Jesiel Ferreira Lucas. Ele, que tinha 47 anos, faria 48 no próximo dia 15 de setembro, estava internado há 33 dias, na unidade hospitalar, após ter sido acometido por uma pancreatite aguda, que levou à falência múltipla dos órgãos. Durante este tempo lutou pela vida a cada segundo e recebeu orações e mensagens de força dos amigos, mas aprouve o Senhor recolher o seu filho em sua morada. 

Jesiel iniciou a sua carreira como comunicador no rádio e passou por importantes veículos da região, como o Jornal A CIDADE, onde atuou como repórter. Entre os anos de 2009 e 2012 foi o subsecretário de Comunicação da Prefeitura de Angra e recentemente havia sido chefe de gabinete do parlamento angrense. 

A repentina morte do jornalista causou comoção na cidade, pois Jesiel era uma voz ativa na comunidade angrense e inclusive tentou uma cadeira na Câmara de Vereadores, ficando na suplência de seu partido. 

O retorno do jornalista à casa do Pai deixa a cidade órfã de um cidadão que amava Angra em sua plenitude e que sonhava ver a cidade se desenvolvendo a cada dia, transformando a vida do morador. 

O corpo de Jesiel foi velado na Capela Mortuária do Centro e sepultado na terça-feira, dia 23, no Cemitério do Santo Antônio. 

“Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; e todo aquele que vive e crê em mim nunca morrerá. Crês tu isso?”, João 11:25-26. 

Deixe um comentário