Mãe  pede  ajuda para tratar o filho

Rapaz teria sido internado no HMJ

Jovem de 25 anos evacua sangue há 4 meses  

Uma mãe desesperada procurou o jornal A CIDADE, pedindo ajuda para o filho de 25 anos, que estava evacuando sangue há quatro meses e não conseguia fazer um exame de colonoscopia para ver o que estava acontecendo, mesmo tendo sido atendido, incríveis, 11 vezes, na emergência do Hospital Municipal da Jajuíba (HMJ), onde o exame podia ter sido feito faz tempo. “Eu não tenho mais a quem recorrer, eu não sei mais o que fazer”, declarou a mãe desesperada à reportagem do jornal.

Ela explicou que quando não evacua sangue puro, o filho, que tem uma filha de seis anos, evacua fezes com sangue. Contou que conseguiu o pedido após muitas idas e vindas e diversos setores da saúde pública angrense, hospital, SPA, Postinho, enfim um monte de lugar. O exame foi marcado para o dia 17, sábado.  O jovem fez os preparativos entre eles tomar um monte de remédios, que não são baratos, mas quando chegou ao HMJ soube que as colonoscopias estavam suspensas por tempo indeterminado. Havia pelo menos outras 20 pessoas na mesma situação que ele que voltaram para casa.

Desesperada, a mãe do rapaz procurou o jornal. Ela contou ainda, que pensou em fazer particular, no Hospital de Praia  Brava, mas era muito caro, 1.600 reais, e a família não tem esse dinheiro.   Enquanto a reportagem apurava a matéria, ou seja, ouvia a Prefeitura para saber o que estava acontecendo, o jovem foi internado no HMJ, após passar novamente. Nesse meio tempo, a mãe informou que a Prefeitura  havia remarcado a colonoscopia. O que foi confirmado pelo governo. “A equipe do HMJ informa que o paciente está com o exame de colonoscopia agendado para próxima terça-feira, 27”, informou laconicamente a nota.  

Deixe um comentário