Meliante oferece doces e estupra anjinho de 9 aninhos

A delegada titular da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), Drª. Paula Loureiro, continua com a sua missão de trancafiar os agressores de mulheres de Angra dos Reis, em especial aqueles que vilipendiam a infância das meninas.

Na quarta-feira, dia 21 de setembro, os agentes liderados pela delegada foram até o Provetá, onde localizaram um elemento identificado como Mateus, de 36 anos. Ele é acusado de estuprar a priminha, de apenas 9 aninhos, mediante oferta de guloseimas, para assim cometer os atos bestiais.

“Para lograr êxito em sua empreitada criminosa, o autor oferecia balas e doces a menor, em troca de favores sexuais. Em uma dessas ocasiões, Mateus acabou por desvirginar a criança. Após efetuadas todas as diligências para a reunião dos indícios suficientes de autoria e prova da materialidade, representamos pela prisão preventiva do elemento e o pedido foi deferido pela Justiça”, explicou Drª Paula Loureiro.

O elemento se valia da condição de parentesco com a garota e com fácil acesso a casa da vítima, para conseguir praticar os atos bestiais, que causaram marcas profundas.

A prisão foi realizada pelo Setor de Inteligência da Deam, em uma área de mata uma vez que Mateus estava homiziado em um casebre. Capturado, o meliante foi conduzido à sede da Deam, onde foi cumprido o mandado de prisão e ele será transferido na manhã desta sexta-feira, dia 23 de setembro, para a cadeia pública de Volta Redonda, onde ficará à disposição da Justiça.

Deixe um comentário