CV corta internet de outras operadoras e impõe “empresa” do tráfico

A eleição acabou no Estado do Rio, só falta agora o segundo turno para presidente, e os vagabundos da facção criminosa Comando Vermelho (CV), que dominam os morros da região central da cidade, já colocaram as “manguinhas de fora”. Eles voltaram a extorquir os moradores dessas localidades e dessa vez de forma mais agressiva. Na tarde do último dia 4, chegou ao jornal A CIDADE, a informação de que os bandidos haviam cortado os cabos de internet de diversos morros da cidade e estavam obrigando os moradores a “contratar” o serviço deles, a preços extorsivos.

No Morro do Santo Antônio, um usuário da Oi, que ficou sem internet porque o CV cortou os cabos, ligou para a empresa. A funcionária da Oi o aconselhou a cancelar o serviço porque o reparo de sua internet não poderia mais ser feito.  A mesma fonte informou ao jornal que os vagabundos do CV, estão cobrando, incríveis, 109 reais pela internet de 50 MB, R$ 139,90 pela de 300 MB, R$ 159,90 pela de 400 MB e R$ 229,90 pela de 500 MB. Quem pagar até a data do vencimento tem “desconto”, 50 MB custa R$ 89,90, 300 MB custa R$ 109,90, 400 MB custa R$ 139,90 e a 500 MB cai para R$ 199,90.

No Morro do Carmo é a mesma coisa. Os moradores estão sendo obrigados a contratar internet da vagabundagem. Os fios estão cortados no chão. Emex e Oi nem pensar. Quem não quiser se submeter aos bandidos tem que comprar modem das operadoras de celular. O problema está atingindo até os moradores da Japuíba e do Encruzo da Enseada. As pessoas têm relatado queda no sinal de internet e as operadoras alegam que o problema é que seu cabeamento está sendo cortado.

Enquanto isso a população fica refém da bandidagem. Angra está cada vez mais parecida com as cidades da Baixada Fluminense nas décadas de 80 e 90. É criminalidade, desordem e baderna. Aqui o poste faz xixi no cachorro. A eleição terminou, o amor acabou.