Corpo em decomposição é encontrado debaixo da ponte

Ele estava debaixo da ponte sobre o Rio do Meio que liga o   Areal à Nova Angra

Na noite do último dia 16,  foi encontrado um corpo  em adiantado estado de decomposição debaixo da ponte  sobre o Rio do Meio, que liga o Areal à Nova Angra, na Rua Francelino Alves de Lima, na Grande Japuíba. O corpo estava dentro da estrutura da ponte, onde havia um colchão e utensílios, como se alguém morasse no local. O corpo foi encontrado por um morador do entorno, incomodado com o mau cheiro. Ele fez um vídeo mostrando o  corpo e o local. Há dias  o mau cheiro incomodava  quem morava no entorno e quem passava pela ponte, mas as pessoas achavam que  havia algum animal morto na redondeza.

O corpo, que era de um homem negro, foi levado ao Instituto Médico Legal (IML)  e até o fechamento desta reportagem estava sem identificação. O IML informou que o corpo não aparentava ter sinais de violência, mas que os órgãos internos já haviam  se deteriorado,  impedindo precisar a causa da morte. Informou ainda, que as digitais também estavam comprometidas, impossibilitando a identificação do corpo com base no banco de dados do Detran.  

Apesar dessa informação, nas redes sociais diversas pessoas disseram que o corpo seria de um jovem de nome Matheus, que já teria  sido interno da Casa Abrigo da Criança, no  Areal. Disseram ainda que ele tinha uma avó viva, que morava na região.

Deixe um comentário