Matou o amigo por causa de 300 reais

Acusado é levado preso para a delegacia

Autor do crime foi preso pela Polícia Civil

Agentes da 166ª DP, sob o comando do delegado Titular, Dr. Vilson de Almeida, prenderam nesta manhã, João Lucas Rodrigues Soares, de 23 anos, em sua própria residência,  na Rua Alagoas, no Village, em Jacuecanga. Ele estava dormindo e foi acordado pelos policiais. João Lucas é conhecido como “Cangaceiro” e  é  apontado como autor do dispara  feito na cabeça do amigo dele, Rafael da Silva Raymundo, de 25 anos,  na madrugada do dia 11  de outubro do ano passado, no Promorar do Campo Belo. João Lucas não ofereceu qualquer resistência aos policiais. Ele foi levado diretamente à delegacia, onde revelou  aos agentes que havia perdido o revólver  com que matou Rafael. Ele confirmou que a motivação do assassinato foi uma dívida financeira. Essas informações confirmam o conteúdo da investigação do setor de inteligência da 166ª DP.  

https://www.youtube.com/watch?v=UOpP4ujxUho

Rafael foi assassinado ao chegar de uma excursão à Expo – Itaguaí, por volta das 5h da madrugada.  Seu algoz estaria escondido em cima da laje da casa dele, na Rua Barra Mansa, próximo à Rodac, só esperando ele chegar para matá-lo.  O jovem tombou morto dentro do banheiro do imóvel. O delegado, Dr. Vilson de Almeida informou que   se for condenado,  João Lucas pode pegar até 30 anos de prisão. Ele  explicou que o crime foi por motivo fútil, ou seja, foi homicídio qualificado. O  delegado revelou que João Lucas matou o amigo por causa de uma dívida de 300 reais. Diante disso ele pediu e a Justiça concedeu a prisão temporária dele. O delegado  aproveitou para pedir a colaboração de todos para tornar Angra uma cidade cada vez mais segura. Denúncias podem ser feitas pelo Whastsapp da delegacia: 24-99935-1747. O sigilo é garantido.

https://youtu.be/nDmps9ReY98

Deixe um comentário