Obras paralisadas no campo do Encruzo causam transtornos

A Prefeitura de Angra iniciou em 2019 as obras de recuperação do campo de futebol do Encruzo da Enseada, na Estrada do Contorno. A promessa era que após ficar pronto, a comunidade teria um espaço adequado para a prática de suas atividades esportivas e de lazer, além de um novo vestiário para atender os desportistas do bairro.

A obra avançou, mas passado um tempo, tudo ficou abandonado. Eis que surge o ano de 2022 e com ele as eleições gerais e os candidatos do Executivo precisavam ser reeleitos, o que ocorreu. Em setembro uma comitiva da Prefeitura esteve no local, capitaneada pelo prefeito Fernando Jordão e os moradores receberam a promessa que as obras seriam retomadas, mas quase um mês depois das eleições, nada até agora, segundo relatos enviados à reportagem de A CIDADE.

“Estamos impossibilitados de utilizar o nosso campo, desde 2019. O prefeito recentemente esteve aqui e prometeu que a obra seria retomada, pois outra empresa havia sido contratada. Só que até agora não teve nada e o local continua abandonado, com nossas crianças sem um local para desenvolver uma atividade esportiva”, explica um morador, que preferiu não se identificar.

A reportagem de A CIDADE entrou em contato com a Prefeitura de Angra, que por meio de nota informou que “a Secretaria de Urbanização, Parques e Jardins assumiu a obra para dar continuidade à obra, uma vez que a empresa contratada para essa intervenção não estava apresentando o serviço de forma satisfatória e teve seu contrato rescindido. A Secretaria de Urbanização, Parques e Jardins informa que, em função do clima e das chuvas ao longo dos últimos meses, o trabalho sofreu atrasos. No momento, a Secretaria está trabalhando para elaborar um novo contrato. A obra será concluída de forma a atender a demanda dos moradores”.