PM  manda dois “colaboradores” do CV para a terra dos pés juntos

Material apreendido na operação

Operação aconteceu na Água Santa

No final da tarde do último dia 17, por volta das 17h, agentes do 33º BPM, foram à Rua Leontino Antônio de Souza, na Água Santa, verificar denúncias  de que os   traficantes  da facção criminosa Comando Vermelho (CV), ficavam armados pela rua e que montaram barricadas na via para controlar o acesso ao bairro. Assim que adentraram à antes pacífica Água Santa, os Guerreiros da Costa Verde foram recebidos à bala pelos vagabundos.  Os agentes agiram rapidamente e revidaram à injusta agressão com tiros de fuzil. Após o tiroteio, os policiais fizeram uma varredura no terreno  e encontraram dois jovens feridos. Eles ainda foram socorridos e levados ao Hospital Municipal da Japuíba, mas morreram.   

Segundos os Homens da Lei, um deles carregava um revólver calibre 38,  com duas munições intactas e três estojos deflagrados.  O outro estava com uma mochila, com 152 embalagens de maconha, 196 pinos de cocaína e quatro rádios de comunicação usados pelos traficantes.  Os dois  foram identificados no IML, para onde os corpos foram levados, como  sendo, Davi Fernandes de Castro, de 18 anos e Lucas Cardoso da Silva, de  21 anos, ambos nascidos no Rio de Janeiro.  Os  policiais que participaram da operação disseram ainda, que identificaram cerca de oito meliantes armados durante o confronto, que se refugiaram na mata para fugir da polícia.

Deixe um comentário