Material apreendido com o preso

Com ele foi encontrado uma arma, drogas e balanças de precisão

A Polícia Militar prendeu  no último dia 5, um homem, de 31 anos, cuja identidade não foi  revelada, suspeito de participação em homicídios em Paraty. Contra ele havia dois mandados de prisão em aberto, por homicídio e por associação para o tráfico e também por porte ilegal de arma de fogo. A PM informou que ele irá responder a mais um processo, pois ele foi preso com um revólver calibre 38, municiado com quatro balas, cocaína, crack e balanças digitais. Para piorar sua situação, ele deveria estar usando tornozeleira eletrônica, mas o equipamento foi encontrado em uma calha da casa onde  o acusado recebeu voz de prisão, às margens da Rio-Santos, no bairro Pedras Azuis.

Um dos crimes atribuídos a ele é o assassinato de Ícaro da Costa Braz Porto, de 23 anos, morto na madrugada dia 18 de junho, em um bar no Pontal, dominado pela facção criminosa Terceiro Comando Puro (TCP). Segundo a PM, os homens da facção criminosa rival, o  Comando Vermelho (CV), desembarcaram de um carro e  atiraram contra Ícaro, que morreu no local. Outras duas pessoas ficaram feridas no tiroteio, entre elas, uma criança de 2 anos. Outros dois suspeitos de envolvimento no mesmo crime já estão presos. Um quarto suspeito de participação ainda é procurado.

Deixe um comentário