Sinalizador mata homem no Morro das Velhas

Tiago dos Santos Pedrosa, de 36 anos, morreu na noite de sábado, dia 29 de outubro, enquanto participava de uma festa em comemoração ao título do Flamengo, realizada no terraço de uma casa, na Rua Paraty, no Morro das Velhas, na Grande Japuíba. O Rubro-negro carioca se sagrou tricampeão da Libertadores.

O rapaz teve a vida ceifada por um sinalizador, disparado por um homem que mora nas cercanias onde o fatídico episódio aconteceu.

Segundo o apurado por A CIDADE, Tiago havia chegado recentemente no local e ao se acomodar em um dos bancos, o sinalizador o atingiu em cheio, no pescoço, acertando a jugular.

A vítima teve morte instantânea e foi constatada pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o SAMU.

Agentes do Instituto de Criminalística Carlos Éboli estiveram no local, onde fizeram a perícia, para que esta seja anexada no inquérito policial, instaurado na 166ª Delegacia de Polícia, tipificado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Um homem, que teria disparado o sinalizador teria ido a casa onde Tiago estava, para lamentar e pedir desculpas pelo ocorrido, porém depois não foi localizado novamente, para prestar depoimento à polícia.