Estado  recomenda que municípios aumentem os testes de Covid

| Sérgio Lima/Poder360 00.set.0000

Governo afirma ainda ter plano de contingência caso seja necessário

Depois que a  Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), identificou a circulação local da subvariante Ômicron BQ.1 do novo coronavírus na cidade do Rio de Janeiro, a Secretaria Estadual de Saúde recomendou a todos os 92 municípios do estado que aumentem a testagem para a doença em pacientes com suspeita de Covid. As autoridades de saúde acreditam que a  confirmação pode estar relacionada com o aumento no número de casos da doença verificada nas últimas semanas.

“Essa subvariante pode sim estar provocando um aumento de número de casos nesse momento. É uma subvariante que não tem nenhum sinal de maior gravidade do que outras subvariantes, mas merece toda atenção para aquela população que ainda não se vacinou. Então as pessoas que não tomaram a dose de reforço devem procurar uma unidade de saúde para realizar a dose de reforço, porque a vacina protege contra a subvariante para internação e para óbito”, explicou Saniel Soranz, secretário municipal do Rio.

A Secretaria de Estado de Saúde informou que recomendou a ampliação da testagem para Covid-19, devido ao aumento na taxa de positividade para a doença. “Uma análise dos últimos 15 dias realizada pela Vigilância Estadual apontou que a taxa de positividade dos testes tiveram aumento. O secretário de estado de Saúde, Alexandre Chieppe, alerta que o aumento de casos é verificado em diversos países. “Estamos observando em diversos países do mundo um aumento na transmissão de coronavírus relacionado ainda à variante Ômicron, que é a prevalente também no estado do Rio de Janeiro. Neste momento, a transmissão ainda é baixa no estado, mas temos acompanhado o cenário em outros estados, como São Paulo, e temos um plano de contingência, que será colocado em prática se necessário”, explicou.