PRF inicia Operação Proclamação da República no Estado do  Rio

Foto: divulgação PRF

Fiscalização será ampliada em especial na BR-101, inclusive na Rio-Santos, BR-040 e BR-116

Polícia Rodoviária Federal no Rio de Janeiro realiza, a partir desta sexta-feira, 11 de novembro, e até o dia 15 de novembro, na próxima terça-feira, a Operação Proclamação da República 2022. Durante este período, será reforçado o policiamento ostensivo preventivo em locais e horários que, segundo as estatísticas, apresentam maior incidência de acidentes graves e de criminalidade.

Com o feriado de 15 de novembro neste ano em uma terça-feira, promovendo um feriado prolongado, há grande probabilidade de aumento do fluxo de veículos, já que muitas pessoas estendem suas viagens. Esses fatores contribuem para um consequente aumento no fluxo de veículos e de ônibus de passageiros nas rodovias federais, o que pode ocasionar aumento da violência no trânsito, podendo provocar elevação na quantidade de acidentes graves, feridos e mortos.

Nesse sentido, a instituição irá direcionar ações de policiamento e fiscalização com foco na segurança viária, em especial na prevenção e redução da gravidade dos acidentes de trânsito, bem como intensificar o enfrentamento à criminalidade no período da Operação. As ações terão, ainda, outros pontos focais, como a fiscalização do tempo de direção e descanso do motorista profissional e do exame toxicológico. No Rio de Janeiro, alertamos que é esperado considerado aumento de fluxo em especial na BR-101 (sentido Paraty  wsentido Região dos Lagos e), 040 (Washington Luiz) e 116 (Presidente Dutra). Por esse motivo, essas vias terão atenção especial.

Recomendações da PRF

Faça a revisão preventiva do veículo mesmo para pequenas viagens: pneus calibrados e em bom estado; motor revisado, com óleo e nível da água do radiador em dia. Não esqueça de verificar os equipamentos obrigatórios, principalmente estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de para-brisa e do sistema de iluminação.

Planeje a viagem informando-se sobre as distâncias que pretende percorrer, as condições do tempo e a existência ao longo do percurso de pontos de parada, postos de combustíveis e locais para alimentação.

O condutor deve programar pausas para descanso em média a cada 3 horas de viagem. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da “hipnose rodoviária”, na qual se mantém de olhos abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta. Ela vem acompanhada de sonolência, perda de reflexos e de força motora.

Use sempre o cinto de segurança, que é obrigatório para todos os ocupantes do veículo. Não esqueça  dos dispositivos de retenção no caso de transporte de crianças: bebê conforto, cadeirinha ou assento de elevação. Ande sempre com os faróis acesos para ver e ser visto.

Respeite o limite de velocidade e as condições de ultrapassagem indicados nas placas de sinalização. A desobediência a essas regras está entre as principais causas dos acidentes graves nas rodovias federais. Nos trechos em obras, o motorista deve reduzir a velocidade e obedecer a sinalização local. Os condutores também devem redobrar a atenção em trevos, cruzamentos e áreas urbanas.

Em dias chuvosos ou com neblina e cerração, a PRF orienta aos motoristas a transitarem com velocidade moderada, inferior àquela utilizada em dias de boas condições climáticas, posicione-se mais à direita da via, com os faróis baixos sempre acesos, mantendo distância segura dos demais veículos, evitando manobras e freadas bruscas.

Se não possuir CNH ou estiver com o documento suspenso, ou ainda, se fez uso de bebida alcoólicanão dirija. Nestes casos, utilize transportes alternativos como os carros de aplicativos, táxis e ônibus.

Para informações, denúncias, comunicação de crimes e acidentes, a PRF dispõe do número de emergência 191. A ligação é gratuita e a central atende 24 horas em todo o Brasil.