Renovação de matrícula na rede municipal começa  dia 16

Fachada da Escola Municipal Santos Dumont, na Japuíba

Responsáveis por estudantes terão até o dia 30 de novembro para renovar a vaga escolar ou  garantir o remanejamento interno da criança

A partir do próximo dia 16, quarta-feira, os responsáveis de estudantes matriculados na rede pública municipal de ensino poderão renovar a matrícula de seus filhos para o ano letivo de 2023. Ao garantir a renovação de matrícula, o estudante permanecerá com a vaga na escola em que estuda.
É necessário que o responsável legal entre em contato com a escola em que seu filho estuda para se informar sobre o horário de atendimento para a renovação de matrícula. É importante levar documento de identificação e o CPF do estudante, caso ainda não tenha sido encaminhado à escola.
 

Paralelo à renovação de matrícula haverá o remanejamento interno em algumas escolas. Esse mecanismo consiste no remanejamento do estudante para uma nova escola, próxima à de origem, que possua os anos de escolaridade para a continuidade de seus estudos. Para esta ação, a equipe gestora da escola agendará uma reunião para que os responsáveis formalizem a autorização do encaminhamento de seu filho para uma nova unidade. Vale salientar que a não renovação da matrícula ocasionará na perda da vaga escolar do estudante.
 
 Pré-matrícula
 

Os responsáveis que preferirem que seu filho inicie o ano letivo de 2023 em outra escola, deverão garantir uma nova vaga para ele no processo de pré-matrícula online, que começará dia 1º de dezembro de 2022 e irá até 1º de janeiro de 2023. O responsável legal deverá indicar três opções de escolas no site que será disponibilizado. O sistema classificará os estudantes de acordo com o número de vagas disponíveis e os critérios definidos na resolução de pré-matrícula.  Após a realização da pré-matrícula, o responsável precisará retornar à escola para efetivar a matrícula de seu filho, ou garantir seu remanejamento interno, em janeiro de 2023.

Alunos devem “tirar” CPF

Além disso, a Prefeitura está fazendo uma campanha para que todos os responsáveis tirem o CPF de seus filhos.  O objetivo é  facilitar o registro do estudante no sistema, o que irá facilitar o programa Cartão Educação em 2023. O CPF pode ser emitido de forma online. As próprias escolas têm orientado os responsáveis sobre como fazer a inscrição do CPF.
 
Para mais informações, a Secretaria de Educação, Juventude e Inovação orienta que os responsáveis entrem em contato com a escola onde a criança está matriculada.