Ilha Grande recebe 2 mil participantes no XTERRA

Imagem de uma das largadas (Divulgação XTERRA)

Próxima etapa será em agosto em Paraty

No último dia 23, sábado, a Vila do Abraão, na Ilha Grande, recebeu a primeira etapa de 2024 do XTERRA Brasil, o maior circuito de esportes outdoor do mundo. A competição mobilizou cerca de 2 mil participantes, entre atletas profissionais, amadores e familiares que participaram das provas de Trail Run 5, 10 e 21k, Triathlon MTB, Triathlon Swim e Triathlon Run. Além dos atletas, o evento atraiu centenas de turistas para os comércios, restaurantes e pousadas locais.
Na manhã de sexta-feira (22), o estado do Rio de Janeiro amanheceu com fortes chuvas, complicando as vias de acesso em alguns locais. Sempre monitorando a situação e prezando pelo bem-estar de todos os atletas, o staff do XTERRA assegurou que não teria nenhum problema para o evento. No período da tarde, com o tempo melhor e sem chuva na ilha, o evento iniciou com o XTERRA Village, arena aconchegante com experiências para os atletas com marcas parceiras, além da retirada de kits.
No sábado (23), o dia amanheceu com o céu fechado, mas sem chuva. A primeira largada aconteceu para os atletas de Trail Run 21k, com muita lama e barro, fazendo com que os participantes precisassem se superar para garantir um bom resultado individual.
“Estávamos prevendo essa chuva, monitorando todos os aplicativos de previsão meteorológica e analisando todos os índices. Sabíamos que sexta-feira seria um dia difícil, mas que sábado seria muito mais tranquilo. Estávamos bastante confiantes que conseguiríamos entregar um excelente XTERRA”, – contou André Jubão, gerente de projetos do XTERRA Brasil.

Resultados

Na categoria Trail Run 21k, a grande vencedora foi a francesa Jeanne Robin, que passa férias no Brasil e aproveitou para vivenciar uma nova aventura no país.
– Foi uma experiência incrível. É uma ilha muito bonita e tive uma grande experiência na corrida. Amei o XTERRA. Irei voltar mais vezes com toda certeza – disse a campeã.
Na categoria masculina, o atleta Vanderlei Barbosa garantiu a vitória e falou sobre os desafios encontrados no trajeto.
– O percurso foi mais desafiador por conta da chuva. Havia algumas pedras soltas e alguns galhos no trajeto, mas quanto mais dificuldade melhor. Agora vou me preparar para voltar ao XTERRA na etapa de Paraty, em agosto – disse o atleta.
Um pouco mais tarde, as pistas da estrada foram somadas ao mar e às bicicletas para a prova de Triathlon, categoria muito característica no XTERRA. Segundo a organização do evento, a prova teve um aumento de 70% no número de participantes em 2024 em relação ao ano passado.
– Participo do Triathon desde 2022 e, novamente, o percurso inteiro foi sensacional. Havia bastante pedra escorregadia, mas quando você ama essa prova, a descida com pedra torna o desafio ainda mais especial – comemorou a campeã da prova feminina de Triathlon, Camila Alves, atleta e embaixadora do XTERRA.
Na categoria masculina, o grande vencedor foi Hugo Amaral. Mineiro e apaixonado por mountain bike, o triatleta comemorou o resultado e falou sobre os próximos passos na carreira.
– O XTERRA combina com minha filosofia de vida, que é estar em contato com a natureza independentemente das condições climáticas. A chuva foi um fator natural que tivemos que encarar. Foi um tempero a mais na prova. Usamos alguns recursos principalmente nas bicicletas, como esvaziar os pneus. Na corrida, usamos tênis com mais travas para ter mais aderência. Quero participar do XTERRA no Chile e pretendo participar de todo o circuito no Brasil esse ano – comentou Hugo.
Todos os resultados, com detalhes dos tempos de percurso dos participantes, podem ser acessados pelo link: https://www.trichipcronometragem.com.br/resultados/g-live.html?f=eventos/2024/xterra-ilha-grande/corrida.clax