Estudantes de Angra recebem bolsas de iniciação científica

Os estudantes ganharão R$300,00 por mês em 2024 para participarem do programa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

Cinco alunos do 7º, 8º e 9º anos da Unidade de Trabalho Diferenciado – Altas Habilidades ou Superdotação (UTD-AHSD) foram selecionados neste mês para receber bolsas de Iniciação Científica do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Catarina Balduíno Gazzo de Miranda Giori, Emily Passos Pereira da Silva, Davi do Carmo da Costa, Lanna Carla dos Santos Ribeiro e João Pedro Nunes Huguenin da Cunha são os estudantes que agora terão a oportunidade de participar de um programa de iniciação científica, recebendo uma bolsa de estudos no valor de R$300,00 por mês ao longo de 2024.

Esses alunos se destacaram em 2023 ao participarem da Olimpíada de Ciência e Arte, promovida pela Fundação CECIERJ, onde apresentaram trabalhos artísticos e literários abordando a importância da vacinação, conquistando medalhas de prata e bronze.

Os estudantes serão orientados pelos professores Silvana dos Anjos, Diogo Pinheiro e Luciana Badaró, que os acompanharão juntamente com a equipe da CECIERJ em uma série de atividades pedagógicas e científicas ao longo deste ano.

Além desses cinco estudantes, dois outros jovens de Angra dos Reis já foram previamente contemplados com bolsas do CNPq: Emanuel Souza Silva, por conquistar a Medalha de Ouro na Olimpíada do Oceano, e Narlin Gabriel de Assis de Oliveira, por sua conquista da Medalha de Bronze na Olimpíada Itabirana de Matemática.

A diretora da UTD-AHSD, Luciana Badaró, comentou sobre a conquista.

“Estou imensamente orgulhosa do sucesso e dedicação dos nossos alunos na UTD-AHSD. Nosso desempenho na Olimpíada de Ciência e Arte, com conquistas de medalhas de prata e bronze, reflete o excepcional talento que temos aqui. Expresso minha gratidão a todos os professores da unidade, que são peças fundamentais nesse processo”, disse.