Polícia Ambiental flagra poluição em área de preservação

Crime ambiental foi localizado na Praia do Cassino

Policiais militares do Comando de Polícia Ambiental flagraram no sábado, dia 11, derramamento de óleo na faixa de areia na localidade conhecida como Praia do Cassino, na Vila do Abraão, na Ilha Grande. Os agentes foram ao local após terem recebido informações do Disque Denúncia, através do programa Linha Verde (0300 253 1177) dando conta do armazenamento de produtos inflamáveis, tinta e óleo, próximo a uma pousada.

De posse das informações, a equipe da 4ª Unidade de Policiamento Ambiental procedeu à Avenida Nagib Mamed de Queiróz, onde, chegando ao local, constatou a existência de um maquinário de guincho para embarcações fixado ao solo e ao seu redor, vários recipientes contendo óleo, inclusive, durante a fiscalização, os policiais militares observaram o derramamento do produto diretamente ao solo, causando poluição na faixa de areia e degradando cerca de 200 metros quadrados de área. Alguns galpões existentes estavam trancados com cadeados e nenhum responsável encontrava-se no local. Ainda de acordo com a Unidade de Policiamento Ambiental do Parque Estadual da Juatinga, o local é uma área de preservação permanente e, diante dos fatos, os agentes se deslocaram à projeção da 166ª DP na Ilha Grande, onde a ocorrência foi registrada.

Em Angra dos Reis, a população pode denunciar crimes contra o meio ambiente ao Linha Verde, do Disque Denúncia através do telefone (21) 2253-1177 e 0300 253 1177,- ambos com WhatsApp anonimizado – técnica de processamento de dados que remove ou modifica informações que possam identificar uma pessoa, ou então pelo App “Disque Denúncia RJ”. É possível denunciar ainda pelo site do Disque Denúncia (www.disquedenuncia.org.br) ou ainda pela FanPage do Linha Verde no facebook (www.facebook.com/linhaverdedd).